Por Que Viver Um Problema Se Há Outra Opção?

Continuação dos 3 Posts sobre:

COMO Vencer Crises – 4

por Francisco Borrello

Vamos montar um exemplo baseado em problema de saúde.

A DOR

A dor é o meio de comunicação entre o Consciente e Inconsciente e mais de 90% de nossa atividade mental é inconsciente.

Sabe-se que essa conversa interna é muito realizada através de sinais.

As nossas sensações corporais conversam com nossa consciência.

Exemplos: Sensação de Fome – vontade de comer algo amargo, ou doce ou azedo / sentir dor / sentir frio.

O corpo e o organismo mandam sinais que vão do tipo de alimento que precisa para auto equilibrar-se e para manter a sua integridade até chegar em arrepios ou apertos no estomago como citado nos exemplos acima.

Por isso uma vontade repentina que não entendemos é um sinal de uma necessidade corporal de ajustes e deveria ser respeitada.

A medicina de hoje trata os sistemas do corpo com a ideia que um ajuda o outro na função de manter a integridade do organismo.

Os sinais do sistema nervoso transmitem-se através de sensações para a nossa consciência.

A dor é um sinal de alerta e não um castigo divino.

O corpo emite sinais contra a violência que exercemos contra nós mesmos.

A não espontaneidade ou excessos podem provocar sensações como a de fome ou dor de barriga ou sono, etc.

A nossa conjuntura física (organismo) funciona enquanto estivermos no comando (vivos).

No decorrer da vida vamos devolvendo ao universo, pedaços de nosso corpo e quando o nosso sistema de integridade não suporta mais as pressões da existência corpórea é que entramos em decomposição total (morte).

Estarmos (vivos) aqui no planeta é para o nosso estágio evolutivo a melhor opção para aprendermos mais suavemente o que necessitamos.

Entre as lições mais comuns de aprendizado e que mais crises provocam estão o  Desapego da Matéria e da Família.

Aprendermos a nos auto pilotar melhor para podermos voltar ao plano astral em melhores condições, é um dos objetivos de nossa existência neste jardim da infância da eternidade chamado Terra.

A vida cria situações para nos ajudar a lidar com medos, raivas e arrogância.  Isso pode-se entender como uma crise ou problema.

Repito que as situações que a vida manda não são castigos mesmo que pareçam. São oportunidades para melhorarmos algo que necessita ser aprimorado em nossos comportamentos.

A crise, na verdade possibilita a solução nos alertando sobre nossas deficiências.

Assim é a dor:

Por que a dor no pé e não na cabeça?

Por que em você e não no outro?

Como não há coincidências, neste exemplo a dor ocorre no local exato e na pessoa certa, segundo a necessidade.

Isso ocorre porque na relação mente-corpo, nós desorganizamos nosso organismo na direção originaria da desordem, ou seja, as energias se atraem por semelhança.

O tipo de vida, de pensamento, de atitude tem tudo a ver com as perdas, problemas, dores e doenças que nos atingem.

Crises que nos ocorrem, representam e sinalizam o que precisamos para evoluir e não o que merecemos.

Entender esse processo é meio caminho andado para manter a integridade.

É possível então compreender que para inverter processos de crise precisamos inverter atitudes, seguindo os sinais que o corpo nos envia.

Ex. Dobrar o orgulho e perdoar promove a dissolução de campos bloqueados que proporcionaram a doença ou a crise.

A dor chega quando nada mais resolve no sentido de lhe acordar e quando todas as mensagens, avisos e sinais foram desprezados.

Ex. Uma vontade de ir ao banheiro, não atendida vai se transformar numa tremenda dor de barriga (não atendeu os sinais).

O corpo recebe a influência do cérebro e nós agimos no cérebro mudando ou mantendo comportamentos.

Exs. Acordar às 7hs. Comer as l2hs. Não agüento mais estou perdido. Não adianta mais. Minha vida não será a mesma. Estou perdido. Não tenho mais prazer de viver.

As mensagens que enviamos podem ser negativas e o corpo então se desorganiza enviando sinais (dor, doença) que na verdade carregam mensagens que se notadas e identificadas sinalizarão para alterar atitudes e pensamentos que deram origem a crise e que quando alterados propiciarão a cura.

Seguindo esses sinais evoluímos nos fatores de saúde, relacionamentos e de prosperidade material.

Portanto: A seqüência é:

Entender a Mensagem  1º PILAR

Dissolver a causa mudando comportamentos  2º PILAR     

Evoluir com as questões resolvidas     3º  PILAR

FRANCISCO BORRELLO

Se quiser outros conteúdos mande-me um email para borrellofrancisco@gmail.com

Acompanhe-me na Radio Mundial FM 95,7

seg 12h e quinta as 9h – Programa MASSA CRITICA

 

Anúncios

2 comentários em “Por Que Viver Um Problema Se Há Outra Opção?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s